Busca

Notícias

Início » Notícias » Ulianópolis sedia Encontro de Educação Profissional e Tecnológica
conteúdo principal

Ulianópolis sedia Encontro de Educação Profissional e Tecnológica

27/04/2018

A Região de Integração do Rio Capim foi a segunda a receber, nesta quinta-feira (26), o “I Encontro Estadual de Educação Profissional e Tecnológica”, organizado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). Realizado no Centro de Convenções de Ulianópolis, o evento tem o objetivo de discutir, de forma conjunta, a execução do Programa Pará Profissional como experiência de política pública para o desenvolvimento inter-regional, por meio da qualificação profissional.

A cidade de Ulianópolis foi escolhida estrategicamente para sediar o evento devido à grande participação no Pará Profissional. O município foi um dos primeiros a aderir ao Programa, quando a Prefeitura instalou, em 2016, o 1º Comitê Gestor Intersetorial de Apoio à Educação Profissional e Tecnológica de Ulianópolis (CGIU).

Até março de 2018 mais de 600 pessoas foram certificadas, em 32 cursos ofertados na Região do Capim. Dentre os cursos destacam-se os dos setores da agricultura, da pecuária, do turismo, da gastronomia e de açúcar e álcool. 

Expansão - “O papel do Estado no âmbito do Pará Profissional foi o de transformá-lo em lei e construir o seu modelo de execução. Agora, ele deve ser abraçado pela sociedade por meio de parcerias, expandindo a sua forma de governança. Por isso a importância dos comitês regionais, como o daqui de Ulianópolis, pois eles são os principais responsáveis por coletar as reais demandas de qualificação profissional da região”, destacou o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, durante a cerimônia de abertura do Encontro, que contribuirá, também, para o levantamento de demandas de vagas para as ofertas de cursos profissionalizantes na Região do Rio Capim.

Na primeira parte do evento, representantes de instituições públicas e privadas, entidades de classe, associações, professores e estudantes tiveram acesso a um panorama do cenário de qualificação profissional e empregabilidade na região. Na ocasião, a prefeita de Ulianópolis, Neusa Pinheiro, destacou que “só a educação pode mudar o mundo, por isso o nosso município abraça este evento e o Programa Pará Profissional, pois observamos que é uma política pública transformadora para a sociedade paraense”

A segunda parte do encontro abordou a metodologia “SWOT”, de domínio público, que auxilia a mensurar as influências internas e externas, sejam elas favoráveis ou desfavoráveis, ao processo de qualificação profissional no município. O resultado da dinâmica ajudará a criar um plano de ação integrado e mais eficaz à execução do Programa na região. A previsão é que mais de 300 vagas, distribuídas em 17 cursos de qualificação profissional, sejam abertas na Região do Capim ainda este ano.

Certificação - O evento foi encerrado com a certificação de mais de 110 egressos de sete cursos do Pará Profissional, dentre os quais Pedreiro refratário, Pintor industrial, Vendedor, Assistente administrativo e Corte masculino com máquina. Os cursos foram ofertados por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), duas das unidades executoras do “Pará Profissional”.

“O mercado de trabalho está competitivo ao extremo, por isso capacitação profissional é fundamental para alcançarmos melhores resultados na vida. No âmbito social, por exemplo, o curso me proporcionou aprender, principalmente, a como tratar bem as pessoas com as quais convivemos no cotidiano. Espero seguir a profissão”, declarou Sirley dos Santos, concluinte do curso de Porteiro e vigia.

Os encontros continuarão nas demais regiões de Integração do Estado nos próximos meses. No dia 3 de maio, a equipe do Pará Profissional estará na Região Rio Caeté, em Bragança, nordeste do Pará.

Texto: Igor de Souza (Ascom/Sectet)