Busca

Notícias

conteúdo principal

Servidores participam de live sobre saúde emocional durante a pandemia

22/07/2020

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) deu início nesta terça-feira (21) ao Programa Amplo de Valorização do Servidor, iniciativa do Núcleo de Acolhimento Psicossocial da Coordenação de Gestão de Pessoas (CGepes), ligada à Diretoria de Administração e Finanças (DAF) do órgão.  Uma live com o tema “Saúde Emocional em Tempos de Pandemia: Como Estamos?”, realizada de 9h30 às 11h30, marcou o início das atividades do Programa.

“Tenho certeza de que esta iniciativa será um sucesso, pois proporciona e incentiva a aproximação cada vez maior entre nós, o que nos levará a nos conhecer e nos compreender melhor, nos fortalecendo no ambiente de trabalho e nos ajudando a cumprir nosso objetivo enquanto servidores públicos que é servir sempre e cada vez melhor a sociedade”, disse o titular da Sectet, Carlos Maneschy, na abertura da reunião virtual.

O diretor da DAF, Adejard Gaia Cruz, agradeceu a participação de todos e o empenho da equipe em realizar “esse momento de acolhimento e aproximação, pois estamos vivendo tempos de angústia e ansiedade, mas sabemos que precisamos erguer a cabeça e ter otimismo, confiança e esperança de que viveremos situação melhor no período que vem pela frente”.

Convidada – A psicóloga Adriana Nascimento, do Núcleo de Acolhimento Psicossocial da CGepes foi a mediadora da conversa sobre a saúde emocional dos servidores nesse tempo de pandemia. Para falar sobre o tema foi convidada a psicóloga, psicoterapeuta e supervisora de práticas clínicas, Maria Cristina Rocha, aposentada do Serviço de Aconselhamento Psicológico da USP. A live manteve uma dinâmica informal de conversa com grande participação dos servidores, que fizeram relatos, comentários e perguntas diretas à profissional convidada.

“A Cristina Rocha nos deixou à vontade para falarmos tudo que nos aflige nesse tempo difícil. As palavras dela a cada desabafo foram reconfortantes. Tenho certeza de que todos se sentiram acolhidos e saíram mais tranquilos dessa conversa, com a certeza de que juntos, mesmo separados fisicamente, vamos conseguir atravessar essa fase ruim”, declara Adriana Nascimento, uma das idealizadoras do programa.

Saudade - Participaram do encontro virtual 33 servidores, mantendo-se a média de 30 pessoas conectadas durante as duas horas de conversa.  As servidoras Maria da Conceição Lima da Silva e Samantha de Fátima Furtado Ohana, que faleceram durante a pandemia, foram lembradas com carinho e saudade por colegas de trabalho.

Sônia Mendes, servidora da Diretoria de Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Detec), foi uma das que falaram sobre a convivência com Dona Conceição e Samantha, expressando como para ela é confuso voltar ao trabalho presencial e perceber a ausência das colegas. Sônia compartilhou seus anseios e preocupações quanto ao retorno ao trabalho presencial, reconhecendo a importância das ações positivas do governador e do secretário quanto à segurança dos servidores.

“A reunião virtual desta terça nos oportunizou dividir as experiências vivenciadas e assim minimizar a ansiedade do momento. O resultado é um bem estar e alívio por conseguir se liberar e também um sentimento de amor fraterno por apoiar os colegas que estão passando por situações ainda mais delicadas e angustiantes”, avalia Sônia.

Aproximação - Augusto Motta, da equipe de Tecnologia da Informação (TI), fala do privilégio em ter participado da reunião, ressaltando que a tecnologia tem ajudado as pessoas a se manterem próximas nesse momento que obriga a manter o distanciamento físico.

“Foi uma conversa agradável que me fez enxergar uma nova perspectiva da atual realidade. Mesmo no distanciamento social não estamos sós. Foram relatos enriquecedores que me mostraram que é possível passar por mais esta fase, apesar das cicatrizes”, descreve Augusto, que já está na expectativa para o próximo encontro.

A próxima live será no dia 11 de agosto, com o tema "Aspectos biopsicossociais da crise e os impactos sobre a saúde coletiva", em que o fisioterapeuta Thiago Rodrigues, mestre em saúde coletiva, irá abordar aspectos sanitários, socioeconômicos, qualidade de vida e o chamado "novo normal", além de falar sobre os exercícios respiratórios e as técnicas corporais para ajudar na qualidade de vida dos servidores.

Texto: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)