Busca

Notícias

Início » Notícias » Sectet realiza oficina sobre educação profissional em seis municípios paraenses
conteúdo principal

Sectet realiza oficina sobre educação profissional em seis municípios paraenses

27/04/2017

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) esteve em seis municípios paraenses entre os dias 24 e 26 de abril. O motivo foi a realização da oficina “Educação Profissional x Cadeias Produtivas: Demandas e Ofertas”, no intuito de esclarecer os participantes a respeito do programa estadual de qualificação profissional, o Pará Profissional, coordenado pela Secretaria, e captar as demandas para oferta de cursos em tais municípios.

   Alunos certificados em Bonito

  Alunos certificados em Bragança

 Alunos certificados em Augusto Correa

No dia 24, em Castanhal e Bonito; dia 25, em Bragança e Augusto Correa e, dia 26, em Tracauteua, a assessora da Sectet, Sônia Mendes, e a técnica Clarice Novaes, realizaram o evento. Na oportunidade, alunos de Bonito, Bragança e Augusto Correa, já contemplados pelo Programa, receberam os certificados de conclusão de cursos classificados na modalidade “Aperfeiçoamento Profissional”. Os cursos ofertados foram Técnicas de confecção de sacolas em tecido (ecobag n1 e ecobag n2); Técnicas em programação de CLP e Técnicas de lubrificação de máquinas industriais. No dia 26 também, o diretor de Educação Profissional da Sectet, Luís Blasques, e o assessor, Evandro Diniz, realizaram a oficina em Marabá.

 Apresentação em Marabá                                  

O Programa - O Pará Profissional foi instituído pela Lei no 8.427, de 16 de novembro de 2016, sob coordenação da Sectet, descrito como um dos principais instrumentos de superação das desigualdades interregionais, com a finalidade de ofertar educação profissional e tecnológica nas diversas modalidades a fim de consolidar, ampliar e verticalizar as cadeias produtivas aos eixos prioritários de desenvolvimento no Estado. O Programa busca atender cidadãos de todas as regiões de integração do Pará, permitindo que, após os cursos, os egressos tenham maiores possibilidades de acesso ao emprego ou de criação do próprio negócio. Entre os objetivos específicos estão a promoção de cursos profissionalizantes nas modalidades de ensino técnico subsequente e formação inicial e continuada; o estabelecimento de parcerias que potencializem, em termos técnicos e financeiros, as ações; a interiorização da educação profissional e tecnológica por meio de parcerias colaborativas com os municípios paraenses e demais atores locais e regionais; e o maior alcance de pessoas por meio do estabelecimento de um sistema eficaz de educação a distância.

Texto: Fernanda Graim - Ascom/Sectet