Busca

Notícias

Início » Notícias » Sectet realiza evento preparatório para a implantação da Incubadora de Empresas do Xingu
conteúdo principal

Sectet realiza evento preparatório para a implantação da Incubadora de Empresas do Xingu

01/12/2017

O município de Altamira será sede, nos dias 5 e 6 de dezembro, da “Semana do empreendedorismo inovador para a cadeia produtiva do cacau”, organizada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). O objetivo do evento é disseminar a cultura do empreendedorismo, da tecnologia e da inovação na região do Xingu, com foco para a cadeia produtiva do cacau, desenvolvendo ações preparatórias à implantação da Incubadora de Empresas do Xingu.

Com isso, pretende-se gerar sinergia entre os atuais e potenciais empreendedores da região, tais como: produtores de cacau, trabalhadores da indústria, representantes das demais atividades produtivas locais, juntamente com instituições de ensino e pesquisa, poder público, sociedade civil e futuros gestores da Incubadora de Empresas do Xingu. A programação do evento inclui palestras sobre o cenário da produção de cacau na Transamazônica, a importância de uma incubadora de empresas, certificação UTZ e sustentabilidade, além de oficinas, relatos de casos de sucesso e orientação para incubação de empresas.

A expectativa é que a “Semana do Empreendedorismo Inovador” gere bases iniciais para implantação da Incubadora. “A nossa ideia de levar um ambiente como a incubadora para o Xingu, além de interiorizar a inovação dentro da perspectiva do Inova Pará, consolidando Sistemas Regionais de Inovação, é dar oportunidade para a agregação de valor na cadeia do cacau, transformando essa produção”, explica a Secretária adjunta da Sectet, Maria Amélia Enríquez.

O evento conta com o patrocínio do Sebrae-Pa e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); e com o apoio do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRS-X);  do Sindicato dos Produtores Rurais de Altamira (Siralta); da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac); da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-Pará); da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap); da Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec-UFPA).

Incubadora de Empresas do Xingu

O ambiente será instalado em Altamira, cidade polo da região do Xingu, que, por sua vez, abriga recursos estratégicos para a cadeia produtiva do cacau, da fruticultura e produtos da biodiversidade de forma ampla. Nessa perspectiva, a cacauicultura se destaca como uma das cadeias produtivas estratégicas vistas como prioritárias no plano de Governo denominado “Pará 2030”. A perspectiva para este ano é de que o Estado chegue a 125 mil toneladas de sementes de cacau produzidas, garantindo a primeira colocação na produção nacional.

Dessa forma, a Implantação da Incubadora de Empresas encaixa-se como uma ação do programa Inova Pará e busca diversificar a produção regional, incentivando amplos segmentos da cadeia produtiva do cacau a produzir geleias, sucos, insumos para biotecnologia e chocolates especiais, de maneira  a  garantir  a   sustentabilidade do desenvolvimento local, disseminando a cultura do empreendedorismo e da inovação; estimulando a criação de empresas que desenvolvam produtos com valor agregado, tornando-se fortemente competitivas; apoiando a instalação de empresas de base tecnológica e ações de exportação na região; contribuindo para a geração de empregos qualificados e melhor distribuição das riquezas.

Inova Pará

O Programa Inova Pará, coordenado pela Sectet, é amparado pela Lei no 8.426, de 16 de novembro de 2016, que dispõe sobre incentivos à inovação, à pesquisa científica e tecnológica e à engenharia não rotineira, além da política estadual de incentivos fiscais. O Inova Pará parte da premissa que, para romper com o modelo extrativista, presente na economia paraense, é indispensável que o Estado apoie a criação de Sistemas Regionais de Inovação a fim de que propiciem suporte necessário à agregação de valor das cadeias produtivas estratégicas. Em sua concepção, o Programa acredita no potencial produtivo e inovador das distintas regiões do Estado.

Serviço: A programação completa da “Semana do empreendedorismo inovador para a cadeia produtiva do cacau" está disponível AQUI. As inscrições podem ser realizadas gratuitamente em https://goo.gl/forms/lIS8dsBAqe5PwD7B2 .

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet)