Busca

Notícias

conteúdo principal

Sectet apresenta novo portal do Observatório de CT&I do Pará durante a Feira Pará Negócios

09/11/2015

Na tarde da última sexta-feira, dia 6, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet) apresentou o novo portal do Observatório de CT&I do Pará no Seminário Inovação Tecnológica, evento realizado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (Fapespa) durante a Feira Pará Negócios 2015. A ferramenta virtual, lançada ao final de 2014, ganhou um novo layout e inaugurou a funcionalidade de “Indicadores de CT&I”, que conta com dados acerca dos investimentos estaduais e federais em CT&I no Pará.   

O Observatório é uma iniciativa pioneira no Governo do Estado que tem como objetivo o de compilar, organizar e manter uma aprimorada base de dados ligados aos ambientes de inovação e à produção científico-tecnológica regionais. Além da funcionalidade sobre “Indicadores de CT&I”, a ferramenta virtual é composta ainda pelo “Mapa de CT&I”, que disponibiliza ao usuário os laboratórios sediados no Estado, os respectivos serviços oferecidos.

“É uma ferramenta online, com dados públicos confiáveis e atualizados que ajudarão no entendimento do cenário da Ciência e Tecnologia do Pará”, enalteceu o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, durante a apresentação do portal. O Observatório de CT&I já conta com dados de mais de 70 laboratórios presentes em 21 municípios paraenses, e conta com a parceria da Fapespa, da Universidade Federal do Pará (UFPA), do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Pará (Sebrae) e da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

O novo portal do Observatório de CT&I do Pará pode ser acessado pelo endereço: www.observatorio.sectet.pa.gov.br.

Debate - O Seminário Inovação Tecnológica também contou com uma tarde de debates sobre o Projeto de Lei 2.177/ 11, que tem a proposta de instituir o Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. A nova legislação visa criar uma aproximação entre as instituições de pesquisa e o setor empresarial, assim como facilitar a captação de recursos financeiros para subsidiar projetos de pesquisas, possibilitando o surgimento de ambientes de cooperação em pesquisa e geração de produtos inovadores para acelerar o desenvolvimento do país.

A temática foi abordada na palestra “Avanços e perspectivas do Novo Código de Ciência e Tecnologia no Brasil”, ministrada pela procuradora da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp), Maria Cristina Leftel, e o debate foi desenvolvido com as observações do titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello, do reitor da UFPA, Carlos Maneschy, do reitor da Uepa, Juarez Quaresma, e do presidente da Fapespa, Eduardo Costa.

Texto: Igor de Souza (Ascom Sectet), com informações de Helen Barata (Ascom Fapespa)

Fotos: Igor de Souza