Busca

Notícias

Início » Notícias » Programa Inova Pará
conteúdo principal

Programa Inova Pará

03/05/2017

Programa Inova Pará é apresentado a órgãos ligados ao setor produtivo no Estado

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), a partir de um convite da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), apresentou, na tarde desta terça-feira, 02, o Programa Inova Pará a diversos representantes de órgãos estaduais ligados ao setor produtivo no Pará. O Programa, coordenado pela Sectet, dispõe sobre incentivos à inovação, à pesquisa científica e tecnológica e à engenharia não rotineira, além da política estadual de incentivos fiscais.

O Inova Pará será lançado oficialmente nesta quarta-feira, 3, durante a programação da XIII Feira da Indústria do Pará (Fipa) que ocorrerá no Hangar. O Programa parte da premissa que para romper com o modelo extrativista, presente na economia paraense, é indispensável que o Estado apoie a criação de Sistemas Regionais de Inovação (SRI) a fim de que propiciem suporte necessário à agregação de valor das cadeias produtivas estratégicas.

“A equipe ligada ao setor produtivo do Governo do Estado deve conhecer previamente o Programa, pois a definição da agenda para atender as necessidades dos arranjos produtivos da região precisa ser articulada em conjunto com as instituições e projetos afins a partir de uma estratégia sistêmica”, pontuou o titular da Sectet, Alex Fiúza de Mello. Dentre as instituições presentes, participaram representantes da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), do Banpará, das secretarias de estado de Turismo, de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e de Planejamento.  

A Sectet vem dialogando com os atores regionais das principais cadeias produtivas do Estado, como a cadeia do cacau e do açaí, para levantar as demandas e projetos desenvolvidos nos setores. “Essa é a primeira fase do Programa. A segunda fase diz respeito à concepção do sistema a ser implantado para alavancar as cadeias produtivas, e, para isso, o Estado deve contribuir para a criação de Sistemas Regionais de Inovação, que envolve a academia, o setor produtivo e a comunidade local trabalhando de forma integrada”, explicou a secretária adjunta da Sectet, Maria Amélia Enriquez. 

Além do Inova Pará, outra iniciativa da Sectet bastante discutida durante a reunião foi o Programa Pará Profissional, voltado para a promoção de cursos de qualificação profissional em diversas modalidades. “Os programas do Governo do Estado, executados por meio da Sectet, são uma quebra de paradigma no Pará. Na nossa discussão com os investidores no Estado, precisamos saber vender isso, por isso essa apresentação de hoje foi esclarecedora. Vamos, certamente, ajudar no desenvolvimento do Inova Pará”, afirmou o presidente da Codec, Olavo das Neves. 

Parcerias - Além do setor governamental, o Inova Pará tem sido apresentado para diversas empresas como forma de buscar parcerias para a operacionalização do Programa. Uma delas é a Citróleo - Indústria e Comércio Óleos Essenciais Ltda., que esteve presente na Sectet na tarde desta quarta-feira, 3. A empresa possui grande interesse em integrar as ações voltadas ao aprimoramento dos setores de cosméticos e perfumaria no Pará, a partir de políticas de sustentabilidade e com foco no desenvolvimento de produtos naturais. 

Um dos assuntos discutidos foi a implantação de um Centro de Pesquisa e Produção no Espaço Inovação, localizado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), com o objetivo de desenvolver novos processos e produtos para beneficiamento. Uma nova reunião será agendada e contará com a participação de pesquisadores dos laboratórios do Espaço Inovação para discutir a implantação do Centro. 

Texto: Igor de Souza (Ascom Sectet)