Busca

Notícias

conteúdo principal

Programa Forma Pará chega na segunda fase com 955 novas vagas em cursos de ensino superior

21/08/2020

O governo do Pará, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Educação Superior Profissional e Tecnológica (Sectet), dá continuidade a segunda fase do programa Forma Pará. O lançamento oficial será no próximo dia 25 de agosto em uma live com o governador do estado, Helder Barbalho. Serão oferecidos cursos em convênios com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), a Universidade do Estado do Pará (Uepa), a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e o Instituto Federal do Pará (Ifpa). Nesta etapa, 955 vagas serão ofertadas por todo o Pará.

O processo seletivo será realizado via Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa, Fadesp, por conta da pandemia. Os editais serão publicados em setembro e as provas devem ser realizadas em dezembro. O calendário pode sofrer alterações, de acordo com o cenário da Covid-19 no Pará, para garantir a segurança de todos os candidatos.

O programa Forma Pará foi lançado em 2019 e tem o objetivo de oferecer capacitação, através do acesso ao ensino superior. Foram contemplados, inicialmente, 14 municípios em convênios firmados com a Ufpa, Uepa, Unifesspa e Uepa. Nesta segunda etapa, a Sectet firmou convênio com a UFRA e IFPA.  “Com a segunda fase, vamos alcançar 21 novas turmas. E a previsão é que tenham novas chamadas a cada ano, com o objetivo de interiorizar vários cursos para que as pessoas tenham acesso. E cada região tem sua peculiaridade e encaixamos com os cursos correspondentes para a formação de mão de obra especializada para cada município”, explica a secretária adjunta da Sectet, Edilza Fontes.

Nesta fase serão ofertados os seguintes cursos e municípios: gastronomia, em Icoaraci e Salinas; Agronomia, em Goianésia do Pará, Mocajuba, Ourém, Ulianópolis e Cachoeira do Piriá; licenciatura da computação em Mosqueiro; licenciatura em física em Muaná, licenciatura em História em Marituba; rede de computadores em Dom Eliseu; licenciatura em ciências biológicas em Novo Repartimento; ciências contábeis em Bom Jesus do Tocantins; engenharia florestal em Tailândia; administração em Abel Figueiredo; pedagogia em Itupiranga; medicina veterinária em Piçarra; psicologia em Jacundá e zootecnia em Ourilândia do Norte.

Para o acadêmico de administração na UFPA em Bagre, a oportunidade do Forma Pará veio transformar a realidade da sua região, possibilitando acesso à universidade pública e contribuindo para a formação de mão de obra qualificada no município. "Vejo o programa como uma oportunidade de mudar de vida, atribuindo melhorias para o município e visando o bem estar da população. Para nós conterrâneos foi uma oportunidade de mudar de vida, estudar em faculdade pública, nos possibilitando conhecimento, para juntos mudarmos futuramente a gestão do nosso município", disse Jesus Malato.

Serviço: Lançamento dos novos cursos do Forma Pará dia 25/08, às 11h, nas redes sociais e agência oficial do Governo do Pará.

Texto: Larissa Noguchi (Secom)
Foto: Ascom/Sectet