Busca

Notícias

Início » Notícias » Maior financiadora de Pesquisas da América Latina abre escritório em Belém
conteúdo principal

Maior financiadora de Pesquisas da América Latina abre escritório em Belém

20/12/2018

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a maior do gênero na área de estudos e projetos da América Latina, abriu um escritório em Belém voltado ao desenvolvimento da pesquisa e inovação no norte do Brasil. Sediada na cidade do Rio de Janeiro (RJ), a Finep é uma empresa pública brasileira de fomento à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas.  A empresa é vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

A inauguração ocorreu durante a abertura do “Encontro Finep para Inovação”, com a presença do governador em exercício Zequinha Marinho, e do secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica, Alex Fiuza de Melo, além de autoridades do Ministério da Ciência, da Finep e do Governo do Pará, e representantes de instituições locais.

Para o governador em exercício, este é um grande investimento que faltava para disponibilizar incentivos àqueles que sonham em fazer pesquisa e inovação. “Para o setor empreendedor não poderia ser melhor. Temos hoje uma forma de transformar pensamento em realidade, pois temos uma fonte de financiamento para realizar a pesquisa e a inovação”, destacou Zequinha Marinho.

O presidente nacional da Finep, Ronaldo Camargo, disse que a inauguração do escritório na capital paraense faz parte da estratégia de regionalização da financiadora, que conta com unidades em Brasília (DF), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) e Florianópolis (SC), além da sede no Rio de Janeiro. “Devido à particularidade e enormidade da Região Amazônica, a abertura do escritório é a ‘cereja do bolo’ desta estratégia”, afirmou.

Política de incentivos - O escritório está instalado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT), e visa intensificar a atuação com parceiros e potenciais clientes da região. A instalação do espaço no PCT Guamá fortalece a política de desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no Pará, que conta com iniciativas como a Lei Estadual de Inovação; os incentivos fiscais destinados ao investimento em pesquisa e inovação; o Decreto de Subvenção Econômica; o financiamento de programas de pós-graduação; as bolsas de qualificação (iniciação científica, mestrado e doutorado); os Programas NavegaPará, Pará Profissional, TecSocial, Inova Pará e BioPará; o Observatório Paraense de Ciência e Tecnologia; o Boletim Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação; as bolsas de estímulo à inovação e os ambientes de inovação, a exemplo do PCT Guamá.

O espaço é o primeiro parque tecnológico a entrar em operação na Amazônia. O objetivo é estimular a pesquisa aplicada, o empreendedorismo inovador, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e fortemente competitivos. A Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá foi qualificada pelo Governo do Pará para realizar a gestão administrativa, financeira, física e ambiental do PCT Guamá.

“A instalação é um marco importante que consolida o PCT Guamá como ambiente de estímulo ao empreendedorismo inovador”, ressaltou  Antônio Abelem , diretor-presidente do PCT Guamá.

Texto: Márcio Flexa (Agência Pará)