Busca

Notícias

Início » Notícias » Governo lança Manual do Investidor e Programa Inova Pará
conteúdo principal

Governo lança Manual do Investidor e Programa Inova Pará

04/05/2017

Tecnologia, inovação e ambiente empreendedor criativo, foi no clima da XIII Feira da Indústria do Pará (Fipa), realizada pela Federação das Indústrias do Pará (Fiepa), que o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Adnan Demachki, representando o governador do Pará, Simão Jatene, lançou mais duas ações do Programa Pará 2030 para um público diverso ligado à indústria paraense, o Manual do Investidor e o Programa Inova Pará.

No evento aberto na noite desta quarta-feira, 3, no Hangar Centro de Convenções da Amazônia, o Estado ainda celebrou um protocolo de intenções com a empresa privada RVC e Empreendimentos e Participações Ltda, controladora do Grupo Citróleo, para a instalação de uma planta industrial de liofilização (processo de desidratação usado para preservar alimentos perecíveis) de frutas regionais, a exemplo do açaí.

“Hoje, o investidor interessado no Pará tem muitos caminhos institucionais e isso o confunde. O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), disponibiliza agora o Manual Executivo do Investidor no Estado do Pará, que orienta o empresário em sua chegada, prevendo todo o processo para a simplificação da instalação de sua empresa, num estímulo à atração, consolidação e ampliação de investimentos produtivos em nosso território", destacou Demachki.

"O Manual é simples e mostra as regras para se investir no Pará, apresentando a Codec como a única porta de entrada, justamente por ela ser a agência de prospecção de investimentos e ter expertise para um atendimento especializado'', frisou o presidente da Codec, Olavo das Neves. O Manual do Investidor completo pode ser acessado pela internet nos sites da Codec (http://www.codec.pa.gov.br), da Sedeme (http://sedeme.com.br/investpara/) e no do Pará 2030 (http://para2030.com.br/).

O Inova Pará foi idealizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) em parceria com a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisa do Pará (Fapespa). O Programa estimula a inovação, o conhecimento tecnológico, a pesquisa mais apropriada para investimentos no Estado. Ele prioriza as 14 cadeias econômicas produtivas prioritárias do Pará 2030,  tais como o agronegócio, agricultura familiar, pesca e aquicultura, atividade florestal, biodiversidade, mineração, serviços ambientais, logística, energia, turismo e gastronomia.

Presidente da Fiepa, José Conrado recordou que em março deste ano o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou o Pará como o único Estado entre as 14 unidades federativas avaliadas pelo Boletim da Indústria com saldo positivo em 2016, com o acumulado do ano, 9,5% maior do que o apresentado em 2015. Ele saudou a parceria do Governo do Pará e agradeceu a presença de Adnan Demachki.

“A indústria brasileira é responsável por 10,5 milhões de empregos e por 22% do PIB brasileiro. Nosso objetivo nesta Fipa é fortalecer a cadeia da economia criativa, seja por meio de incentivo às experiências em andamento ou fomento às novas práticas. Teremos uma vasta programação com consultorias técnicas, palestras, capacitações e rodadas de negócios. Agradecemos a presença nesta feira dos setores de bebidas, alimentos, construção naval, energia, entre outros, com destaque para a mineração, uma indústria forte no Estado, representada aqui pela Hydro, Mineração Rio do Norte, Belo Sun Mineração e Imerys, entre outras.

Feira da Indústria

Realizada há 24 anos, a Fipa reúne mais de 60 expositores e um amplo público visitante, entre empresários, industriais, dirigentes e gerentes de grupos organizacionais, representantes de entidades de classe, sindicatos e do poder público, além da academia e cidadãos interessados na força da economia paraense.

Na noite desta quarta-feira, 3, entre as autoridades, estavam também presentes os secretários estaduais de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), Alex Fiúza; de Turismo (Setur), Adenauer Góes, e o presidente da Codec, Olavo das Neves. E ainda os presidentes da Associação Comercial do Pará, Lúcio Fábio Costa, o diretor-geral do Sebrae Pará, Fabrízio Guaglianone, entre muitas personalidades públicas.

Serviço:
XIII Feira da Indústria do Pará, de 3 a 6 de maio, das 17h às 22h, no Hangar. Ingressos a R$ 10, meia entrada para estudantes. Para as palestras não é necessário inscrição antecipada e nem cobrança de ingresso, apenas para acessar a Feira. A Fipa é uma realização da Fiepa com patrocínio do Governo do Estado, Banco do Brasil e da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Texto: Valéria Nascimento - Ascom/Sedeme