Busca

Notícias

conteúdo principal

Governo do Estado realiza premiação da oitava edição do Servidor Nota 10

25/10/2015

Criado em 2003 e retomado em 2012, após três anos de suspensão, o Prêmio Servidor Nota 10 é organizado pela Escola de Governança do Pará como forma de homenagear o funcionalismo, premiando aqueles que se destacam pela assiduidade, disciplina, iniciativa e responsabilidade. Para disputar o prêmio, os servidores podem se inscrever espontaneamente ou ser indicados pelo órgão/entidade ao qual estão vinculados, desde que atendam a dois pré-requisitos: que sejam efetivos e que não ocupem cargo de chefia. Em cada um desses órgãos é criada uma comissão de análise, responsável por avaliar e pontuar o desempenho das funções, elegendo o melhor.

Na noite desta terça-feira, os 59 servidores escolhidos receberam, cada um, prêmio em dinheiro no valor de mil reais, além de uma medalha alusiva ao concurso. “O servidor nota 10 é um exemplo clássico do conceito de meritocracia. É o reconhecimento àqueles que fazem a diferença e são exemplos de que é possível, sim, ter uma gestão eficiente e pró ativa do servidor”, disse Ruy Martini, diretor da Escola de Governança.

A representante da Sectet foi a a técnica em Gestão Pública, Maria Antonieta Pereira Vieira, que é servidora estadual desde 1988 e acompanhou as diversas mudanças ocorridas no órgão público em que trabalha. Atualmente ela está lotada na Diretoria de Administração e Finanças da Sectet, na gerência de contratos e convênios. “Recebo com grande satisfação esse prêmio, pois ele representa reconhecimento aos serviços que presto desde o início desta secretaria. É um prêmio que motiva o servidor de cada órgão a executar seu serviço com qualidade em prol do Estado e da sociedade”, afirma Maria Antonieta. 

O momento mais esperado da noite foi o sorteio que apontou, entre os 59 melhores, o Servidor nota 10. A escolhida desta oitava edição do prêmio foi a servidora Odinéia Rocha, que há 42 anos integra o quadro funcional da Universidade do Estado do Pará (Uepa). “Não esperava ser sorteada. As pessoas da repartição me diziam que sou 'pé quente', mas eu não acreditava. Vou dar esse dinheiro para minha filha, de 30 anos, que está comprando um apartamento pra gente”, contou a servidora, que levou para casa um prêmio R$ 20 mil.

Presente à cerimônia, o governador Simão Jatene fez questão de ressaltar o envolvimento emocional que o servidor público tem com o trabalho e lembrou o início da premiação. “Em 2003, quando a gente decidiu criar o prêmio Servidor nota 10, muitos duvidaram que ele pudesse vingar. A emoção de ver uma festa como essa, que reúne aquelas pessoas que dão verdadeiro sentido à palavra 'servidor público', e mais, o brilho no olhar dos que foram escolhidos para representar seus órgãos nos dá a certeza de que a criação desse prêmio foi, sim, uma boa iniciativa", destacou. 

E citou Fernando Pessoa para descrever o que entende ser o espírito do serviço público: "Acredito que o poeta tem toda a razão quando diz que 'tudo vale a pena se a alma não é pequena'. Essa alma grande é a marca de quem escolhe o serviço publico como razão de vida, mais do que uma simples opção de trabalho. Parabéns aos servidores nota 10. O meu desejo é que um dia todos os servidores desse Estado possam incorporar esse mesmo espírito para que tenhamos também um governo Nota 10”, declarou o governador.

Texto: Syanne Neno (Secom)