Busca

Notícias

conteúdo principal

Forma Pará entrega chips a estudantes da Região Metropolitana de Belém na Sectet

24/02/2021

A pandemia de Covid-19 provocou a redução da renda com perda de emprego e diminuição do número de clientes para os autônomos. É essa situação difícil que enfrentam os estudantes Roberta Raquel Ramos Rocha e Fabrício Reis Amador. Eles estiveram na manhã desta quarta-feira (24) na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) para receber o chip com pacote de 20 gigabytes de internet para acompanhar as aulas on line do Programa Forma Pará.

“Veio em boa hora”, disse Fabrício, sem esconder a satisfação em receber o chip. Ele é aluno do curso de Educação Física, da Universidade do Estado do Pará (Uepa), em Benevides. Morador de Belém, Fabrício conta que perdeu o emprego de guia de turismo quando se iniciou a pandemia. 

Ele agradece ao governo do estado por poder acessar as aulas e pela oportunidade de fazer o curso. “É importante para o nosso desenvolvimento profissional e humano. Eu estava sem estudar há muito tempo e agora quero me engajar em Benevides, usando o esporte como meio de transformação social”, planeja.

Roberta também é aluna de Educação Física, em Benevides. Ela é autônoma, mora em Ananindeua e viu a renda se reduzir drasticamente com o advento da pandemia. “Eu tinha internet em casa, mas com a redução dos clientes eu não pude mais pagar. Com o chip, vou poder acompanhar as aulas e ainda fazer pesquisas dos assuntos, aprofundar o conhecimento”, comemora.

Distribuição

Os alunos que estão recebendo os chips são os que foram selecionados no processo do ano de 2019, do Programa Forma Pará. São cerca de 700 alunos distribuídos em 20 turmas e 15 municípios. Quase a totalidade deles respondeu ao questionário enviado pela Sectet, informando a necessidade de recebimento do chip.

O titular da Sectet, Carlos Maneschy, enfatiza que a formação universitária é uma das prioridades do governo na área da educação e que a entrega dos chips vem ao encontro desse propósito, pois os alunos não podem ficar prejudicados no processo de ensino-aprendizagem durante a pandemia.

Os alunos residentes em Belém, Ananindeua, Marituba e Benevides recebem os chips na sede da Sectet até esta sexta-feira (26), de 9h às 12h. Os demais alunos irão receber no município ou localidade onde o curso é ofertado, com o técnico responsável da turma. 

“Também estamos enviando técnicos a municípios próximos de onde os cursos são realizados e em que residam um grande número de alunos”, informa a secretária adjunta da Sectet e gestora do Forma Pará, Edilza Fontes. 

A distribuição dos chips será feita até o dia 10 de março. Todos os alunos estão sendo informados por e-mail e mensagens de aplicativo sobre dia e local de recebimento dos chips nos municípios.

Texto: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)
Fotos: Erlon Modesto (estagiário Ascom/Sectet)