Busca

Notícias

conteúdo principal

Estudantes de São João de Pirabas participam de reunião pública sobre o Forma Pará

21/10/2021

Alunos do Programa Forma Pará em São João de Pirabas, Manuelle Pinheiro e Marcelo Augusto da Silva pretendem ir além do curso de graduação e seguir uma carreira acadêmica em suas áreas, fazendo mestrado e doutorado. Os dois compuseram a mesa da reunião pública com os alunos dos cursos de Administração e História realizada nesta quarta-feira (20), na quadra da Escola Municipal Guajarina Menezes Silva.

A intenção de Manuelle e Marcelo vem ao encontro de um dos objetivos do Programa Forma Pará, desenvolvido pelo governo do estado, que é incentivar os estudantes a investirem em carreiras científicas e se tornarem pesquisadores, aumentando o número de mestres e doutores no estado.

“Eu me sinto feliz e realizada em saber que estamos conseguindo instigar o espírito científico dos alunos. O Forma Pará é a prova concreta de que dando oportunidades de educação para a nossa gente, nosso estado vai crescer ainda mais em desenvolvimento social e humano”, comemora a gestora do programa, Edilza Fontes, secretária adjunta da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), que desenvolve o Forma Pará.

Realização – Quando tomou conhecimento de que o curso de Administração seria ofertado em seu município, Marcelo da Silva, 38 anos, viu que poderia realizar o sonho de fazer o curso superior na área em que trabalha, pois é agente administrativo da prefeitura. “Foi a oportunidade de unir o útil ao agradável, pois me identifiquei muito com essa área”, diz o aluno da Universidade Federal do Pará (UFPA), que ofertou o curso na chamada 2019 do Forma Pará.

Ele conta que já está identificando as linhas de pesquisa para um futuro mestrado na área e faz um intercâmbio com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em Minas Gerais. “O curso está superando as minhas expectativas. Somos uma turma unida e estamos empenhados em concluir a graduação”, garante o estudante, que é representante da turma.

Manuelle Pinheiro, 38, também é representante de turma e, igual a Marcelo, tem o objetivo de seguir a carreira acadêmica, chegando ao doutorado. Ela é da turma de História, o outro curso ofertado pela UFPA/Forma Pará em São João de Pirabas. Ela vê nos estudos a oportunidade de transformar sua vida. 

“Dizer que vivenciar a grandiosidade de estudar numa universidade como a UFPA é uma experiência que transforma vidas pode até parecer clichê, mas nós somos o exemplo disso”, enfatiza a estudante. Ela destaca que a turma é dedicada, participativa e todos estão focados no objetivo de se formar. Como Marcelo, Manuelle ressalta que a pandemia não teve grande impacto nas turmas e que não houve alto índice de evasão.

Reunião – Representantes da gestão pública de São João de Pirabas, da Sectet, alunos dos cursos de História e Administração da UFPA e estudantes do ensino médio participaram da reunião pública que discutiu o andamento do Forma Pará no município. A secretária adjunta da Sectet, Edilza Fontes, destacou durante o seu pronunciamento a relação pessoal que tem com o município e em vários momentos se emocionou ao constatar o entusiasmo nos alunos com os cursos e o interesse dos estudantes de nível médio nas ofertas do Forma Pará.

“Eu sou cidadã de Pirabas, recebi esse título e o coloco com muito orgulho no meu currículo. Há alguns anos participei da implantação aqui do curso de Pedagogia e em 2019, quando começamos a implantação do Forma Pará, decidimos que um dos municípios contemplados seria este”, contou Edilza. 

Ela ressaltou que o programa é o resultado do empenho do governo em levar cursos de nível superior aos municípios de acordo com a demanda de cada local. “Isso só é possível pelo esforço do governo do estado, com o empenho pessoal do governador Helder Barbalho e do secretário Carlos Maneschy. E contamos com o empenho também das prefeituras e das instituições de ensino superior”, explicou a adjunta da Sectet.

Edilza informou quais cursos serão ofertados pela chamada 2021 do programa que terá editais divulgados no dia 28 de outubro. Apesar de São João de Pirabas não estar diretamente contemplado nessa chamada, a gestora destacou cursos em municípios próximos e deixou aberta a possibilidade de ofertar novo curso na cidade na chamada de 2022, prevista para ser lançada em dezembro próximo.

Interesse - Os secretários municipais presentes demonstraram interesse em ter novo curso superior pelo Forma Pará em Pirabas. O secretário municipal de educação, Fernando Silva, falou da importância dos estudantes terem a oportunidade de fazer um curso superior sem sair de Pirabas e depois de formados continuarem no município ocupando os espaços do mercado de trabalho, que carece de mão de obra qualificada.

“Eu vejo no Forma Pará a oportunidade de transformação para melhorar a nossa realidade. É a qualificação da mão de obra das pessoas que são a base da pirâmide social. Nas turmas de Administração e História a maioria é de moradores daqui, filhos de trabalhadores, de professores, de servidores. Essa é a essência do Forma Pará, qualificar aqueles que mais precisam de oportunidade”, ressaltou o secretário, informando que irá procurar a Sectet para formalizar a intenção de conseguir mais cursos para o município.

Texto e fotos: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)