Busca

Notícias

conteúdo principal

Ela Pode

18/02/2021

TerPaz leva atendimento a moradores do bairro do Jurunas e da Terra Firme

Faça chuva ou faça sol, mas as ações do programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz) continuam a todo o vapor, e nesta quinta-feira (18), mesmo o dia amanhecendo chovendo, não foi diferente. A primeira ocorreu no Centro Comunitário Allan Kardec, no bairro Jurunas em Belém. A ação "Meu Registro" ofereceu à comunidade serviços como a emissão do 1° e a 2° da Certidão de Nascimento e a 2° Via da Certidão de Óbito.

Além disso, foram distribuídos máscaras e álcool em gel para os participantes. “Nós seguimos todos os protocolos sanitários para que a comunidade consiga realizar o atendimento com tranquilidade e segurança”, destacou a gestora do TerPaz Jurunas, Delma Braga.

O evento é realizado pela Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) com a parceria da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). “Muitas pessoas acabam perdendo ou há extravio desses documentos, por isso que a procura é grande”, disse Creuza Costa, gerente de projetos estratégicos da Seaster. 

Os serviços são gratuitos, basta levar todos os documentos necessários para realizar o atendimento. ‘’Para mim está sendo ótimo já que eu não tenho condições financeiras para pagar por este serviço’’, afirmou a doméstica Sônia Leão que tirou a 2° Via da Certidão de Nascimento. 

A comunidade aprovou a iniciativa e a importância de ações como esta no bairro. ‘’Deu tudo certo, consegui tirar a 2° Via da minha Certidão de Nascimento que estava em péssimo estado’’, relatou a autônoma Tania Pantoja.

CAPACITAÇÃO E EMPREENDEDORISMO FEMININO

A segunda ação ocorreu na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Brigadeiro Fontinelle, no bairro da Terra Firme, em Belém. O Projeto denominado “Ela Pode”, é uma iniciativa do Instituto Rede Mulher Empreendedora, maior Rede de Empreendedorismo Feminino no Brasil, com o apoio do Google, que visa capacitar duas mil mulheres nos sete bairros que compõem o TerPaz, nas cidades de Belém, Ananindeua e Marituba. Dentro do programa estadual, a ação é coordenada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) em colaboração com a Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisa (FADESP). 

‘’A capacitação tem a carga horária de 8 horas, e disponibiliza um conteúdo específico para o empreendedorismo financeiro da mulher’’, destacou uma das multiplicadoras do Ela Pode, Paula Rosa. Dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (DIEESE) mostram que cerca de 40% das famílias paraenses são chefiadas por mulheres. ‘’O projeto contribui para a autonomia financeira da mulher, para que ela se distancie da situação de risco’’, afirmou Tamisi Oliveira, outra multiplicadora do projeto.

Durante a capacitação, as participantes aprenderam a apresentar seus produtos e serviços, atribuir preços, negociar, imprimir suas marcas pessoais e ter liderança. ‘’Já trabalho com vendas há mais de 30 anos, e sempre que posso participo da ação, que só trouxe benefícios para as minhas vendas’’. No projeto, também participam mulheres que já possuem uma fonte de renda fixa e que agora resolveram empreender como é o caso da funcionária pública Cristiane Martins, que recentemente iniciou um novo empreendimento. ‘’Eu e o meu esposo criamos uma empresa que trabalha como a elaboração de fotos e vídeos e aqui no programa eu estou aprendendo a melhor maneira de como divulgar e vender esses serviços’’, disse ela.

O próximo evento do "Meu Registro" será realizado no dia 22 deste mês, na Associação de Moradores Gabriel Pimenta, no bairro da Terra Firme. Já o do "Ela Pode" ocorre nesta sexta-feira, dia 19, na Escola Estadual e Ensino Fundamental e Médio Padre Orione.  

Lista dos documentos necessários para tirar os documentos: 

CERTIDÃO DE NASCIMENTO (1ª VIA):

- DECLARAÇÃO DE NASCIDO VIVO;

- REGISTRO ADMINISTRATIVO DE NASCIMENTO INDÍGENA;

- RG E CPF ORIGINAIS E CÓPIAS DOS PAIS;

- COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA;

- TELEFONE PARA CONTATO.

 

CERTIDÃO DE NASCIMENTO (2ª VIA):

- CÓPIA DE CERTIDÃO DE NASCIMENTO ORIGINAL;

- CÓPIA DO RG , CPF E NIS;

- TELEFONE PARA CONTATO.

 

CERTIDÃO DE ÓBITO (2ª VIA):

- CÓPIA DA CERTIDÃO DE ÓBITO ORIGINAL;

- RG e CPF DO SOLICITANTE DA CERTIDÃO DE ÓBITO;

- TELEFONE PARA CONTATO

 

Texto: Elizabeth Teixeira (Seac)