Busca

Notícias

conteúdo principal

Curso de Agronomia do "Forma Pará" tem início em Novo Repartimento

22/06/2022

Programa do governo estadual realizado em parceria com prefeituras e IFES observa as vocações econômicas de cada um dos municípios

"Foi um presente em dose dupla",  resumiu Ivellyne Carvalho, 20 anos, sobre a oportunidade de fazer um curso superior junto com o marido, Maurício Alves, 26 anos. Eles são calouros do curso de Agronomia ofertado pelo programa estadual "Forma Pará" em Novo Repartimento, no sudeste paraense. A aula inaugural foi realizada na manhã da última terça-feira (21) no auditório da prefeitura do município.

A oportunidade que o jovem casal festeja é proporcionada pelo governo do estado por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) em parceria com a Prefeitura Municipal e a Universidade Federal do Pará (UFPA).

"Iniciamos em 2019 com cerca de mil alunos e hoje já temos aproximadamente cinco mil estudantes que fazem curso superior em seus municípios", destacou a representante da Sectet, Tânia Santana, em nome da secretária Edilza Fontes. Ela enfatizou ainda que o "Forma Pará" busca atender a vocação econômica de cada região. Ainda este ano, com a universalização do programa, todos os municípios do estado serão atendidos, totalizando mais de oito mil vagas ofertadas, dobrando a meta inicial.

Conhecimento para o desenvolvimento 

O vice-coordenador do Campus Universitário do Tocantins/UFPA, sediado em Cametá, Eraldo Souza do Carmo, ressaltou a iniciativa do governo do estado em realizar a parceria com a instituição e com a prefeitura para levar o curso a Novo Repartimento. Dirigindo-se aos estudantes, o coordenador destacou que são a primeira turma de Agronomia fora da sede do campus de Cametá  

"Vocês são privilegiados em ingressar numa universidade pública sem sair de seu município. O êxito de uma turma é a formação em sua totalidade.  É preciso dedicação para se formarem juntos e assim possam desenvolver o município a partir de sua dinâmica agrícola", incentivou o professor da UFPA.

O prefeito do município, Valdir Lemes Machado, destacou que Novo Repartimento tem o terceiro maior rebanho bovino do estado e também é grande produtor de cacau, açaí e grãos. Ele ressaltou a certeza de que os futuros agrônomos terão mercado certo no município. Lemes afirmou ainda que acredita na educação como propulsora do desenvolvimento.

"Cumprimento o professor Maneschy, defensor da educação e idealizador do programa 'Forma Pará'. Também o governador Helder por ter a percepção de fazer chegar ao interior essa oportunidade. Este é um grande momento que o Pará está vivendo: a democratização das oportunidades. É uma satisfação imensa para mim, pois está acontecendo no meu mandato", disse o prefeito,  acrescentando que a educação é uma das prioridades da sua gestão.

Parceria

O casal Ivellyne e Maurício mora na Vila Carajás, onde trabalha com plantação de cacau e criação de gado. "Fazer um curso de Agronomia era um sonho distante para mim. Como trabalho com meu pai,  não poderia sair para estudar fora. Soube do Forma Pará por um amigo. Me inscrevi e consegui passar. O curso é a minha realidade, é o que eu vivo", disse Maurício, que terminou o ensino médio aos 17 anos e já nem pensava em voltar a estudar. 

Há três anos casada, Ivellyne conta que o marido a incentivou a se inscrever no processo seletivo também.  "Foi um presente duplo a gente conseguir a vaga juntos. O curso será um divisor de águas para nós. O conhecimento só vem agregar no trabalho que já realizamos", comemora Ivellyne. 

A vila em que moram fica a cerca de duas horas do centro de Novo Repartimento,  onde irão assistir às aulas, que se iniciam no dia 4 de julho. Como o curso é intervalar, o casal vai ficar na casa de parentes nos períodos de aula. Eles destacam que essa logística nem se compara ao que teriam  de enfrentar se tivessem que ir a outros centros urbanos para estudar.

Ciências Biológicas

No final da tarde desta terça-feira (21) também foi realizada a solenidade oficial de início do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, ofertado pelo "Forma Pará" e executado pelo Instituto Federal do Pará (IFPA). A turma já teve aulas no período de janeiro e fevereiro. Junto com a solenidade, a prefeitura anunciou aos estudantes que as aulas deste período, que se iniciam na próxima segunda-feira (27), serão realizadas no Polo Universitário de Novo Repartimento.

Polo universitário 

Com o objetivo de proporcionar maior conforto aos estudantes e professores, a Prefeitura investiu na implantação de um polo universitário. O prédio vai abrigar os dois cursos do "Forma Pará. São duas salas de aula climatizadas, laboratórios de informática e biologia equipados, secretaria para as instituições de ensino, sala dos professores, copa, almoxarifado e banheiros.

"Estamos investindo num espaço que terá todas as condições e equipamentos necessários para a realização dos dois cursos e de outros que com certeza virão. Isso demonstra o compromisso que a gestão municipal tem com a educação", ressalta o coordenador do Polo Universitário, Elivando Mota.

Texto e fotos: Jeniffer Galvão (Ascom/Sectet)