Busca

Notícias

conteúdo principal

Conecta Pará ganha prêmio internacional

01/09/2020

A estratégia “Conecta Pará”, formulada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), com participação de profissionais da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), ganhou o Prêmio Democracia Global, da Academia de Artes e Ciências Políticas de Washington (EUA). O prêmio foi anunciado nesta sexta-feira, 28/08.

“Esse é um evento que analisa várias ações e premia iniciativas em diversas categorias relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU)”, explica o diretor de Ciência e Tecnologia da Sectet, Demethrius Lucena. O diretor ressalta que na categoria Democracia Global, o “Conecta Pará” foi a única iniciativa brasileira premiada.

“O Conecta Pará é uma série de programas, projetos, iniciativas e ações efetivas que visam a promover o acesso à internet, definido pela ONU como um direito humano”, esclarece. Essas ações podem ser realizadas diretamente pelo governo, por meio de parcerias público-privadas, ou ainda por iniciativa própria das empresas que queiram aderir à estratégia. 

Dentro da iniciativa, já há projetos sendo elaborados e desenvolvidos pela Sectet. Em estágio avançado de preparação para execução está o projeto “Árvores Digitais”, que será instalado nas escolas técnicas. São árvores tecnológicas com receptores solares e sinal de wifi, entre outras tecnologias.

Outro projeto é de disponibilização de internet no celular dos estudantes dessas escolas para que possam ter a conexão necessária para o ensino EAD.

CONECTIVIDADE

Em elaboração, está a política de ampliação da conexão por meio da exigência de que todas as ações que receberão recursos do governo tenham uma cláusula de conectividade e presença digital.

O Conecta Pará prevê que os órgãos do estado, quando forem liberar recursos para cadeias produtivas, destinem de 1% a 2% do valor do investimento para promover a presença digital e a conectividade, “uma vez que isso dá mais segurança aos negócios, pois todos os produtores hoje precisam de conexão desde a compra de insumos até a venda de sua produção”, ressalta Lucena.

O Conecta Pará inclui ainda a disponibilização de conexão pública em praças, hospitais, estradas, portos e delegacias. Essa conexão wifi pública será disponibilizada por meio da criação de uma política de parcerias público-privadas, na qual será feita a integração da rede estadual com a rede privada.

Segundo o diretor, cerca de 20% da rede estadual, operada pela Prodepa, serão destinados às mais de 400 empresas provedoras instaladas em todo o Pará.

“Essas provedoras irão gerar mais emprego e renda e poderão reduzir em 25% o valor cobrado para os usuários privados, além de disponibilizar gratuitamente o sinal de wifi nos locais públicos, provendo internet à população”.

Esses são exemplos de iniciativas previstas na estratégia Conecta Pará, que, fazendo parte das ODS da ONU, será apresentada aos órgãos do governo e da iniciativa privada.

A Sectet está fazendo o levantamento para conhecer que tipo de conexão existe em cada município do estado, para elaborar o mapa da conexão no Pará, “que vai mostrar onde nós estamos e qual o custo para nós colocarmos internet onde não há, utilizando todas as tecnologias disponíveis como satélites, fibra ótica, rádio e conexão no celular”, finaliza o diretor. 

Texto: Jeniffer Galvão