Busca

Notícias

conteúdo principal

Calouros do Curso de Gastronomia do Forma Pará assistem à aula inaugural

19/10/2021

No final da tarde desta segunda-feira (18), o titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), Carlos Maneschy, esteve no distrito de Icoaraci, em Belém, para dar as boas vindas aos calouros do curso de gastronomia, promovido pelo Forma Pará. O programa estadual, coordenado pela Secretaria, leva educação superior aos moradores dos municípios e distritos que possuem dificuldade para ter acesso a uma Instituição de Ensino Superior (IES) pública.

Durante o evento, além do Secretário, participaram da mesa de abertura da aula inaugural do curso a adjunta da Sectet, Edilza Fontes; o reitor da Universidade do Estado do Pará (Uepa), Clay Chagas; a pró-reitora de graduação da Uepa, Célia Virgulino; o coordenador de educação técnica e tecnológica da Sectet, José Pereira Neto; o coordenador do curso de gastronomia, Wanderson Dantas; e o diretor da Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (Eetepa) de Icoaraci, Davi Cordeiro.

Na oportunidade, o diretor da escola (onde ocorreu a cerimônia e serão realizadas as aulas do curso) destacou que aquele momento representava a realização de um sonho para os moradores do distrito. “Apesar de Belém ser pequena perto de outras capitais, há uma dificuldade muito grande dos moradores de Icoaraci terem acesso à universidade. Estamos muito felizes por ter esta primeira IES pública aqui”, comemorou.

O reitor da Uepa aproveitou para relatar que vivenciou a dificuldade expressada pelo diretor quando foi morador de Icoaraci. “Lembro-me da dificuldade em pegar o ônibus para a universidade. Trazer a universidade e os cursos para perto dos jovens é um estímulo a mais. Essa é uma ação espetacular da Sectet e do Governo do Pará. Política pública que leva educação a lugares em que as IES não ‘têm pernas’”, explicitou Clay Chagas.

O curso

Este será o primeiro curso de gastronomia a ser ofertado por uma universidade pública no estado, no caso a Uepa, o que só foi possível por meio do Forma Pará. O titular da Sectet, Carlos Maneschy, explicou que a oferta dos cursos pelo programa não ocorrem ao acaso. “Não estamos levando qualquer curso. Icoaraci é um importante ambiente de visitação turística. Os cursos ofertados pelo Forma Pará atendem à vocação econômica de cada região”, explicou.

O Secretário ainda estimulou os estudantes a aproveitarem a oportunidade única que estão tendo e usou de sua história para falar da importância da educação na mudança de vida das pessoas. “Minha família é de Mocajuba e somos exemplo de ter oportunidades pela educação. O governo do Pará, por meio de um compromisso de campanha do governador Helder Barbalho, está oferecendo esta oportunidade de pessoas terem acesso às universidades. Oportunidade essa que a grande maioria de brasileiros não teve. Se vocês a tem, precisam agarrar e não desistir”, enfatizou.

Após a cerimônia de abertura, os calouros ainda assistiram à palestra “Tendências modernas no mercado profissional da gastronomia”, ministrada pelo professor Bruno Morais,  e à aula show realizada pela professora Vanessa Alencar.

Forma Pará

O curso de gastronomia em Icoaraci faz parte da chamada 2020 do Programa Forma Pará, cujas provas do processo seletivo ocorreram no dia 4 de julho deste ano devido às limitações provocadas pela pandemia. O mesmo curso, executado pela Uepa, grande parceira do programa, também foi ofertado no município de Salinópolis e terá aula inaugural nesta terça-feira (19). Os editais de inscrições da chamada 2021 do Forma Pará serão divulgados no próximo dia 28 de outubro e a prova está prevista para o dia 5 de dezembro. Com a chamada 2022, o programa vai superar a meta inicial de 4 mil vagas e chegará à oferta de 5 novas vagas de curso superior no estado em 4 anos.

Ensino Técnico

Aproveitando a presença na Eetepa de Icoaraci, o Secretário Carlos Maneschy, e o coordenador de Ensino Técnico e Tecnológico da Sectet, José Pereira Neto, reuniram-se com os professores da escola para ouvir reivindicações e sugestões a respeito do novo momento pela qual passa o ensino técnico no estado, sob a gestão da Sectet há pouco mais de um ano. Maneschy destacou que a Sectet tem se dedicado pela melhoria das Eetepas e que está de portas abertas para manter a comunicação frequente com funcionários e alunos.

Texto: Fernanda Graim (Ascom/Sectet) 

Fotos: Ascom/Uepa