Busca

Notícias

Início » Notícias » Apoio
conteúdo principal

Apoio

18/04/2017

Sectet e Sebrae-Pa alinham ações de apoio a produtores e cooperativas locais

Na manhã desta segunda-feira (17), representantes da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e do Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas no Pará (Sebrae-Pa) se reuniram para alinhar ações de apoio a produtores e cooperativas locais a fim de otimizar a produção paraense e alavancar os negócios ligados às cadeias produtivas consideradas prioritárias no Plano de Governo Pará 2030.

Na oportunidade, a adjunta da Sectet, Maria Amélia Enriquez, destacou as ações de dois dos programas de governo coordenados pela secretaria, o Pará Profissional e o Inova Pará, que incentivam, em todo o Estado, a qualificação profissional e a criação de ambientes de inovação, respectivamente. “O principal desafio da Sectet é diminuir a distância que existe entre ciência e tecnologia e as comunidades locais, é fazer as pessoas entenderem que as pesquisas, os estudos, podem ser aplicados no cotidiano”, explicou a adjunta.

Para a execução dos programas, a Secretaria conta com parceiros como o Sebrae, por isso as reuniões  de alinhamento são necessárias a fim de que não haja sobreposição de ações. “A reunião foi bastante produtiva e assertiva, vamos caminhar juntos para melhorar os produtos das comunidades, melhorar a cadeia produtiva de insumos amazônicos, vamos trabalhar as capacitações, as consultorias, o acesso ao mercado dessas comunidades gerando negócios para eles”, ressaltou a gestora do projeto de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPPC) do Sebrae-Pa, Georgiane Titan.

Uma das principais pautas abordadas foi o apoio à cadeia da biodiversidade, em especial a área de biocosméticos, e o incentivo à participação dos atores envolvidos em feiras nacionais e internacionais ligadas ao setor. Além disso, também houve a proposta da criação de um Fórum de Empreendedorismo composto por várias instituições. Essas e outras ideias serão alinhadas nas próximas reuniões. Dessa forma, acordou-se realizar encontros quinzenais a fim de abordar as uma cadeia produtiva diferente a cada um deles no intuito de discutir a fundo suas peculiaridades.

Também estiveram presentes na reunião o analista da unidade de projetos estratégicos do Sebrae-Pa, Marcus Tadeu, e, pela Sectet, o diretor de educação profissional e tecnológica, Luís Blasques; o diretor de ciência e tecnologia, Sérgio Oliveira; a coordenadora de apoio ao empreendedorismo e à inovação, Edilaine Menezes; e o gerente dessa coordenadoria, Wander Oliveira.

Texto: Fernanda Graim - Ascom/Sectet