Busca

Basic page

Início » Audiovisual » Basic Page » Sectet no Pará 2030
conteúdo principal

Sectet no Pará 2030

O Pará 2030 é o Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Pará criado para solucionar gargalos e promover o crescimento a médio e longo prazo do Estado. O plano foi criado a partir da realização de 12 oficinas de trabalho realizadas com a participação de mais de 130 pessoas e 50 organizações entrevistadas; cinco fóruns públicos com audiência de 500 pessoas para apresentações preliminares e validação do projeto; três visitas a unidades de Concessões e PPP de sucesso no Brasil. Além disso, todas as secretarias produtivas do Estado foram envolvidas e seus planejamentos estratégicos considerados, 55 casos de sucesso internacionais foram estudados e 42 perfis de investidores potenciais mapeados. O resultado esperado com a implementação do plano é que, até 2030, o Pará tenha uma economia dinâmica ancorada em práticas sustentáveis e inovadoras que gerem riqueza e renda à população paraense. Para tanto, o Pará 2030 definiu as cadeias estratégicas para o Estado:

 

Nesse sentido, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (SECTET) coordena dois programas que interagem com o Pará 2030, que são o Pará Profissional e o Inova Pará. Eles abrangem as cadeias produtivas prioritárias do Programa que necessitam se modernizar e verticalizar para agregar valor, gerando melhorias na qualidade de vida da população.

O Pará Profissional, sancionado pela Lei no 8.427, de 16 de novembro de 2016, promove, em conjunto com outras instituições estaduais, um novo modelo para a capacitação profissional, de maneira dinâmica e qualificada, a fim de atender as demandas efetivas do mercado e acompanhar o desempenho profissional da população paraense com mais agilidade e menos burocracia. De forma complementar, o programa Inova Pará objetiva dinamizar a economia regional e integrar as regiões do Estado. O Programa é amparado pela Lei no 8.426, de 16 de novembro de 2016, que dispõe sobre incentivos à inovação, à pesquisa científica e tecnológica e à engenharia não rotineira, além da política estadual de incentivos fiscais. A medida busca expandir o conhecimento científico e tecnológico dentro de todo o Pará e, assim, por meio da estruturação de sistemas regionais de base tecnológica (polos de conhecimento), possibilitar a inovação, otimização e agregação de valor às principais cadeias produtivas.

 

A Sectet vem dialogando com diversos atores estratégicos para unir políticas e objetivos em comum. Veja abaixo os principais projetos discutidos dentro das cadeias estratégicas trabalhadas:  

Demandas da Cadeia da Biodiversidade

Desafios da Cadeia do Cacau

Projetos da Cadeia do Açaí